Brasileiros comemoram Operação Carne Fraca com churrasco na laje

Por Lorena Andrade

A Operação Carne Fraca nas últimas semanas mostrou que a qualidade da carne brasileira não é lá essas coisas. “Mas e daí? A gente come muita coisa pior. Prefiro um pedacinho de papelão numa carninha bem temperada do que fruta e verdura cheia de veneno”, diz Vandir Classe Média, professor de física de 13 escolas do interior de Goiás.

Já é certo que a queda na exportação das proteínas trará fortes consequências à economia. Mas o que está fazendo a cabeça dos brasileiros, no entanto, é o fato de que a baixa procura faz com que os preços da carne caiam no país. Só nessa semana, a família de Vandir já fez cinco churrascos.

A coordenadora da Faculdade de Sociologia da Universidade Federal Puc apresenta pesquisas e comprova que a gringada é muito fresca. “Aqui no Brasil, somos mais evoluídos. Já temos a regra dos cinco segundos para comidas que caem no chão e agora vamos inovar mostrando os benefícios da celulose presente no papelão para o organismo humano.”

Outra parcela da população que está muito feliz é a dos vegetarianos que comem carne escondidos. Fernanda Gil conta que está sambando muito na cara dos pais que a criticavam por ser vegetariana. “Quero ver eles terem coragem de comer hambúrguer e bife. Eu bem que disse que eles poderiam estar substituindo alimentos de origem animal por alguma coisa mais saudável, mas ninguém me ouviu”. Depois da entrevista, o pai de Fernanda contou que a filha está de castigo e não vai usar mais o cartão de crédito para comprar missangas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: