Estaduais chegam à reta final e torcedores mudam o status para Brasileirão 2017 is coming

Imagem de Pedro Bottino

Por Maria Júlia Souza 

Depois de muita corrente de oração, a última semana de estaduais foi interessante, pois chegaram na reta final. Em Goiânia, o jogo entre Atlético e Goiás teve um sol para cada torcedor e vitória do alviverde por dois a um. Depois do confronto, houve um princípio de tumulto entre os jogadores e foi possível ouvir gritos de “o Walter é nosso” em resposta a “vocês perderam o Márcio”. As duas equipes foram encaminhadas para o programa Casos de Família para resolverem essa necessidade de pirraça. A apresentadora do programa, Christina Rocha, falou que só aceita a presença das equipes com camisa de força.

Em um confronto que todos acreditavam que sairiam dois vices, o VASCO, isso mesmo, o VASCO ganhou do Botafogo por dois a zero e levou a taça Rio. O tio da piadinha do pavê entrou em choque por não poder mudar o nome da segunda para Vasco em todos os grupos do whatsapp. Já o Vaticano decidiu que os botafoguenses que continuarem torcendo para o time, mesmo depois da derrota para o Vasco, seriam canonizados como símbolos da esperança.

Em Minas, alguns cruzeirenses foram vistos decorando a desculpa para o próximo fim de semana. Quando questionado sobre o que esperava do próximo confronto com o América Mineiro, seu Zé já se apressou em dizer que “o cansaço nos impediu de chegar a final”. A autora pensou em tirar o Maria do nome porque não aguenta mais escutar “eu sei que você treme”. As outras 100 milhões de Marias do Brasil estão fazendo um abaixo assinado para desvincular o nome ao time mineiro.

Essa semana também foi tempo de perpetuar a freguesia. O Corinthians ganhou de dois a zero do São Paulo e já emitiu um comunicado à CBF sobre desejar jogar todos os jogos do campeonato Paulista e Brasileiro contra o São Paulo. Os são paulinos presentes no clássico afirmaram que só compareceram porque seria pior ter ficado em casa com os parentes perguntando sobre emprego, vida amorosa e acadêmica. Já os Palmeirenses pegaram atestado médico para ficar em casa nessa segunda e tentar entender o que aconteceu no jogo contra a Ponte Preta. O time sem mundial, mas que acha que tem, perdeu por três a zero e fez uma reunião após a partida para decidir se no próximo jogo é menos humilhante perder por w.o ou por outros três a zero.

Queria dedicar um parabéns ao Santos que completou 105 anos na última semana e, como já dizia o Desimpedidos, “igualou ao número de torcedores”. A data é a coisa mais interessante que a equipe faz todos os anos e, por isso, é motivo de comemoração.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: